Mais Peruibe

Notícias

Prefeitura lança programa “Peruíbe Solidária” para ajudar famílias no lockdown


A Prefeitura de Peruíbe lançou nesta terça-feira (30) o programa Peruíbe Solidária. A ação é mais uma medida da Administração Municipal para apoio à população de baixa renda no enfrentamento à pandemia do coronavírus. A iniciativa visa assistir cerca de 12 mil famílias em situação de extrema vulnerabilidade social. O investimento para a distribuição dos alimentos vem do Governo Municipal e do setor privado, por meio de doações.

O anúncio foi feito pelo prefeito Luiz Mauricio (PSDB) por meio de uma transmissão ao vivo em suas redes sociais na tarde desta terça-feira (30). Desde o início da pandemia, até hoje a Prefeitura já distribuiu mais de 90 mil cestas básicas no município.

O programa foi articulado pela Secretaria Municipal de Assistência e Desenvolvimento Social, com apoio do Fundo Social de Solidariedade de Peruíbe, Secretaria Municipal de Educação e Secretaria Municipal de Indústria, Comércio e Emprego.

Também é possível fazer doações por meio de entrega de alimentos em vários pontos de arrecadação da cidade ou por transferência bancária para a conta bancária do Fundo Social de Solidariedade de Peruíbe – Caixa Econômica Federal, Agência 1438, Operação 006, Conta 151-5.

Terão direito a receber, os alunos da Rede Municipal de Ensino, idosos e pessoas com deficiência que não possuam Benefício de Prestação Continuada (BPC) ou outra renda formal, pessoas entre 18 e 64 anos que estejam desempregadas e que sejam chefes de família declarados no Cadastro Único (CadÚnico), do Governo Federal.

Desde que não possuam outra renda formal, ambulantes, pescadores artesanais, agricultores familiares, artesãos e artistas locais, produtores da economia solidária e outros casos de vulnerabilidade socioeconômica devidamente demonstrados, também terão direito a receber.

Para receber as doações, os cadastros estarão liberados até esta quinta-feira (1) e poderão ser realizados pela plataforma solidariza.peruibe2.sp.gov.br e pelo telefone: 3451-1070, das 10h às 17h. A Prefeitura alerta para que o cadastrado fique atento ao celular e passe um número ativo para que não corra o risco de não ser avisado.

Todos os cadastros realizados passarão por uma validação da Prefeitura. Após a validação, o munícipe será informado por SMS e email com a data e horário em que vai retirar a cesta básica, no local indicado pelo cadastro. Os horários determinados precisam ser seguidos para que não haja aglomeração.

Depois disso, para receber a cesta de alimentos, é necessário ir ao local indicado pelo próprio cadastrado, com máscara e, se possível, com uma caneta para assinatura do recebimento e um documento (RG, CPF e número do NIS – se tiver) da pessoa que fez o cadastro. Os funcionários utilizarão um crachá para a identificação.

Os alunos da rede municipal de ensino receberão seus kits nas escolas, conforme calendário a ser divulgado, não sendo necessário qualquer tipo de cadastramento. Artesãos, artistas locais, ambulantes, produtores da economia solidária, agricultores familiares e pescadores deverão estar devidamente cadastrados na Prefeitura.

Comentários

Recomendados

Mais Peruíbe - Tudo que você quer e muito mais.

Copyright © 2029 Mais Peruibe

Sobe