Mais Peruibe

Notícias

Peruíbe intensifica monitoramento eletrônico de ruas e espaços públicos

O chamado ‘cerco eletrônico’, é um conjunto de câmeras com alta tecnologia que deverá ser um importante aliado na política de segurança da cidade.

A prefeitura de Peruíbe iniciou a operação do chamado ‘cerco eletrônico’, um conjunto de câmeras com alta tecnologia que deverá ser um importante aliado na política de segurança da cidade. As câmeras com sistema OCR (reconhecimento ótico de caracteres) foram instaladas com o objetivo de reforçar a segurança da cidade. A malha de videomonitoramento possui agora mais de 850 equipamentos, distribuídos em 65 pontos fixos, monitorando as principais vias, prédios e locais de grande circulação da cidade.

Os dados detectados pela leitura automática das placas serão consultados no Sinesp (Sistema Nacional de Informações de Segurança Pública), plataforma de investigação do Ministério da Justiça e Segurança Pública, que retorna a informação de possíveis irregularidades ou suspeitas de crimes em poucos segundos, emitindo um alerta sonoro para o Centro Operacional de Peruíbe (COP).

Segundo o Prefeito Luiz Mauricio os “Investimentos em tecnologia avançada vão aumentar o poder de controle de monitoramento e efetividade das ações policiais, reduzindo a criminalidade no município.” O aperfeiçoamento tecnológico do parque de câmeras são apostas para reduzir ainda mais os indicadores de criminalidade. Os mecanismos auxiliam, por exemplo, na identificação de veículos roubados e foragidos da Justiça.

De acordo com as estatísticas mensais da Secretaria Estadual de Segurança Pública (SSPSP), Peruíbe reduziu os principais indicadores de crimes contra o patrimônio. Nos últimos três anos, furtos caíram 6% e roubos (quando há emprego de violência), 37%.

Segundo o diretor do Departamento de Tecnologia e Gestão da Informação (DTGI), Rodrigo Campos, toda a tecnologia de leitura de placas já está instalada e em funcionamento nos pontos definidos e os veículos têm a imagem de suas placas capturadas. “Todo esse sistema que projetamos já previa a implantação dessas tecnologias (LPR/LAP/OCR e reconhecimento facial). Então todas as câmeras que já implantamos na primeira fase e também nessa adição de novos pontos suportam essas tecnologias”.

Campos explica que todas as 852 câmeras que formam o projeto, podem ter essas tecnologias ativadas. Nas vias, a Prefeitura tinha 40 pontos de monitoria e ampliou agora para 72, sendo 20 deles com a tecnologia de reconhecimento de placas veiculares. “Para o ‘reconhecimento facial’, temos a disposição as 52 câmeras de vias e também as 780 que estão instaladas nos próprios municipais.”

No momento estão em andamento 200 pontos, em todas as entradas dos próprios municipais e também em vias com locais de muito público. Tudo isso é monitorado pelo sistema do Centro Operacional de Peruíbe (COP), que é composto por câmeras em vias públicas, locais de interesse e também nos próprios municipais, que totalizam 850 câmeras.

Comentários

Recomendados

Mais Peruíbe - Tudo que você quer e muito mais.

Copyright © 2029 Mais Peruibe

Sobe