Mais Peruibe

Imóveis

Estado promoverá barreiras nas estradas durante o mega feriado.

A decisão do Governo de São Paulo foi baseada nas estatísticas de isolamento social do Sistema de Monitoramento Inteligente, que indicaram melhores taxas nos feriados e finais de semana.

Após reunião com Prefeitos do Litoral Norte e da Baixada Santista, onde os representantes das cidades manifestaram a discordância com as estradas liberadas após a decretação do mega feriado para o próximo dia 20/05, o governo de São Paulo começou na tarde desta terça-feira (19) a montar barreiras sanitárias para conter o acesso ao litoral do estado durante os feriados antecipados desta semana. A Polícia Militar começou a montagem de barreiras no trecho final das Rodovias dos Tamoios, em Caraguatatuba, e Osvaldo Cruz, em Ubatuba. O mesmo será feito nas estradas que dão acesso ao litoral sul, como o Sistema Anchieta-Imigrantes, a Cônego Domênico Rangoni e a Padre Manoel da Nóbrega. 

Os feriados antecipados na capital foram aprovados na segunda-feira e decretados hoje pelo prefeito Bruno Covas (PSDB). Assim, quarta e quinta-feira são feriados na cidade e sexta, ponto facultativo. O mesmo deve ocorrer com a segunda-feira (25), mas com a antecipação de um feriado estadual, o 9 de Julho, tão logo o projeto de lei do governador João Doria (PSDB) seja aprovado pela Assembleia Legislativa. 

Apesar do feriado, serviços essenciais vão poder funcionar, como anunciou Covas em entrevista exclusiva à CNN. A medida foi tomada para tentar aumentar os índices de isolamento social na capital, cuja ocupação dos leitos públicos está em cerca de 90%.

Dos 38 municípios da Grande São Paulo além da capital, 20 já sinalizaram adesão à antecipação de feriados municipais como forma de evitar o lockdown na região metropolitana. Os prefeitos devem adotar ações similares à tomada por Covas.

As cidades da Baixada Santista já comunicaram que não irão aderir ao mega feriado.

Apoio aos prefeitos

O secretário de Desenvolvimento Regional, Marco Vinholi, informou que Estado vai oferecer o apoio que venha a ser solicitado pelos prefeitos para implantação das barreiras de acesso e conscientização dos turistas.

O Secretario Estadual de Turismo publicou hoje durante a tarde um vídeo onde desestimula as viagens por conta do feriado, explicando que a medida foi tomada para que o movimento de pessoas seja reduzido.

As secretarias estaduais de transportes e segurança pública disseram que não tem efetivo suficiente para fazer um controle mais rigorosa entrada de turistas nas cidades litorâneas. 

A decisão do Governo de São Paulo foi baseada nas estatísticas de isolamento social do Sistema de Monitoramento Inteligente, que indicaram melhores taxas nos feriados e finais de semana. A expectativa é de que a população circule menos para diminuir a taxa de contágio da doença no Estado.

Decisão judicial

No final da tarde de hoje o Tribunal de Justiça de São Paulo, atendendo a Ação Civil Pública requerida pelo Ministério Público do Estado, proferiu decisão obrigando o Estado a providências no sentido de restringir o acesso às cidades do Litoral Sul de São Paulo.

Veja abaixo a íntegra da decisão


Comentários

Recomendados

Mais Peruíbe - Tudo que você quer e muito mais.

Copyright © 2029 Mais Peruibe

Sobe